Home Saúde Volta às aulas: De que maneira o sono de má qualidade pode ser prejudicial para o desenvolvimento escolar das crianças

Volta às aulas: De que maneira o sono de má qualidade pode ser prejudicial para o desenvolvimento escolar das crianças

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100
Com o período de volta às aulas se aproximando, a preocupação com o desenvolvimento e bom rendimento escolar das crianças é recorrente entre os pais. Redobrar a atenção com os comportamentos que podem ser prejudiciais é muito importante. Para compreender mais sobre o tema, o Dr. Fabrizio Romano, otorrinolaringologista, doutor em ciências pela FMUSP, pós-doutorado em Otorrinolaringologia pela FMUSP-RP, atual Presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e cirurgia cervico-facial, e também já foi presidente da Academia Brasileira de Rinologia, dá dicas para mitigar o sofrimento dos pequenos, principalmente quando o principal gatilho é a alergia.

*Portal:* Dr. Fabrizio, qual é a importância de um sono de qualidade, especialmente para crianças?

*Dr. Fabrizio:* É crucial compreender que durante o sono, as crianças consolidam as informações aprendidas durante o dia. O ciclo do sono, que inclui fases mais leves e o sono REM, o mais profundo, desempenha um papel significativo nesse processo. É nesse momento que os pequenos fixam o que aprenderam, conferindo grande relevância ao sono.

*Portal:* Doutor, qual  a relação entre o sono e a eficiência diurna das crianças?

*Dr. Fabrizio:* Certamente. Na fase mais profunda do sono, o corpo atinge o pico de relaxamento. Se essa etapa for comprometida, o sono se torna menos eficiente, afetando a disposição durante o dia e prejudicando o desenvolvimento escolar, pois as crianças não têm a energia necessária para suas tarefas.

*Portal:* Dr. Fabrizio, como a rinite alérgica se relaciona com o sono?

*Dr. Fabrizio:* Pacientes com rinite alérgica podem enfrentar dificuldades para dormir devido à obstrução nasal. Isso exige mais esforço muscular para respirar, impedindo que atinjam as fases mais intensas de relaxamento. O uso adequado de antialérgicos é crucial para aliviar esses sintomas, sendo fundamental escolher o tipo correto.

*Portal:* Existem dicas para aliviar os sintomas da rinite alérgica?

*Dr. Fabrizio:* Sim, dependendo do antialérgico escolhido, o ciclo do sono pode ser comprometido. Antialérgicos de 1ª geração, mais antigos, podem causar sonolência, interferindo na fase REM do sono, enquanto os de 2ª geração não têm efeito sedante. Medidas como higiene ambiental, afastando a criança das causas da alergia, e lavagem nasal com soro fisiológico são eficazes. O controle do tempo gasto em telas também é importante.

*Portal:* Para encerrar, alguma dica prática para minimizar os impactos negativos na retomada das aulas?

*Dr. Fabrizio:* É fundamental que os pais controlem o tempo de tela para reduzir impactos na produtividade. Além disso, procurar um pediatra alergista pode ser benéfico para cuidados adicionais, se necessário.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Influenza, dengue e covid: saiba as diferenças

Essas doenças podem afetar todas as faixas etárias Saber a diferença dos sintomas da influ…