Home Saúde O uso da chupeta atrapalha na introdução alimentar?

O uso da chupeta atrapalha na introdução alimentar?

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Carla Deliberato, fonoaudióloga graduada pela PUC-SP em 2003, possui ampla experiência em atendimento clínico, hospitalar e domiciliar. Seu foco inclui pacientes com dificuldades alimentares, sequelas neurológicas e oncológicas, síndromes, comunicação alternativa e voz. Ela trabalhou em diversas instituições, como Instituto do Desenvolvimento Infantil, Clínica Sainte Marie, Hospital Israelita Albert Einstein, AVAPE, ADefAV e Unidade de Vivência e Terapia.  Em entrevista, a especialista abordou como o uso da chupeta atrapalha na introdução alimentar? Veja:

Qual o verdadeiro impacto da chupeta no processo de desenvolvimento da mastigação?

-Carla Deliberato: O uso da chupeta pode impactar significativamente a cavidade oral dos bebês, inclusive dificultando o período da introdução alimentar. Quando a criança mantém a chupeta por muito tempo na boca, cria-se um obstáculo que interfere no desenvolvimento das habilidades necessárias para iniciar a alimentação. Isso impede que ela explore outros objetos com a boca, tornando a chupeta uma barreira negativa nesse sentido.

Como a chupeta afeta o processo de introdução alimentar?

-Carla Deliberato: Durante a introdução alimentar, é essencial que a criança esteja com a boca livre, utilizando as mãos e outros objetos para facilitar esse processo. A chupeta não é indicada nesse período, já que interfere nesse universo da alimentação inicial.

E quanto ao uso de mordedores nesse processo?

-Carla Deliberato: Os mordedores são altamente recomendados nesse estágio de desenvolvimento, pois preparam a criança para movimentar os alimentos até a boca de forma mais eficiente do que a chupeta.

Além da introdução alimentar, qual é o impacto da chupeta na fala e na dentição?

-Carla Deliberato: O uso prolongado da chupeta afeta as estruturas orofaciais, como a língua e a musculatura, podendo interferir no desenvolvimento da fala. Também pode causar problemas na dentição, como dentes tortos e mordida aberta, dificultando a mastigação dos alimentos.

Qual a recomendação em relação ao uso da chupeta?

-Carla Deliberato: Quanto menos a chupeta for utilizada, melhor. No entanto, em momentos de maior necessidade de consolo, como sono ou irritação, pode ser usada com moderação. É crucial que os pais compreendam que a chupeta não é a solução completa para esses momentos. É importante buscar outras formas de consolo, como objetos alternativos ou gestos afetuosos.

O que pode ser feito para evitar a dependência emocional da chupeta?

-Carla Deliberato: Uma consequência do uso inadequado é a dependência emocional que a criança desenvolve. É essencial que ela aprenda a se confortar de outras maneiras. Em vez de oferecer diretamente a chupeta, os pais podem introduzir objetos ou gestos alternativos que a criança goste, como um brinquedo ou um paninho. Existem várias formas de confortar a criança, como abraços e carinho, que são igualmente eficazes.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Médica é suspeita de falsificar laudos de exames no Paraná

Uma médica de Pato Branco, na região sudoeste do Paraná, é suspeita de falsificar laudos p…