Home Geral Imposto volta a incidir sobre operações de crédito; IOF vai bancar isenção da conta de luz no Amapá

Imposto volta a incidir sobre operações de crédito; IOF vai bancar isenção da conta de luz no Amapá

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

O IOF, Imposto sobre Operações Financeiras, voltou a ser cobrado em todo o país.  

Como uma das medidas para amenizar os impactos econômicos da crise causada pela pandemia de coronavírus, o governo federal havia zerado o imposto, que incide, como o nome já diz, sobre as operações de crédito.  

A medida foi adotada em a abril e a previsão era de que a cobrança de IOF fosse retomada apenas no início de 2021. 

No entanto, a crise de abastecimento de energia elétrica no Amapá fez o governo mudar de ideia e antecipar um pouco a retomada da cobrança.  

Para conseguir isentar a conta de luz no estado, o IOF voltou a ser cobrado na sexta-feira, dia 27 de novembro, com alíquota de 3% – a mesma que vigorava antes da isenção. 

De acordo com a Secretaria Geral da Presidência, os moradores do estado do Amapá não pagarão contas de luz referentes aos 30 dias anteriores a 25 de novembro, data de assinatura da medida. 

Vale ressaltar que, com o IOF zerado e os juros em queda no país, a concessão de crédito aumentou nos últimos meses.  

Segundo dados da Federação Brasileira de Bancos, a Febraban, as instituições financeiras concederam 2 trilhões e 600 milhões em crédito no período de março a 23 de outubro.  

Entram na conta os novos empréstimos, renovações e prorrogações de contratos. 

Comentários estão fechados.

Veja Também

Inácio Martins – Conflito por empréstimo de R$ 2.700 e roubo agravado com faca

No dia 22 de junho, a Polícia Militar de Inácio Martins foi acionada para atender duas oco…