Home Saúde Conselho Brasileiro de Oftalmologia alerta para aumento de casos de miopia na pandemia

Conselho Brasileiro de Oftalmologia alerta para aumento de casos de miopia na pandemia

0

Para as crianças, a recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) é que seja evitada a exposição de menores de dois anos a telas. Entre dois e cinco anos, o limite deve ser de uma hora de tela, com supervisão. Já para a faixa entre seis e dez anos, o tempo não deve ser superior a duas horas.

_____continua após publicidade_____

Dados levantados entre abril e junho de 2021 pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) identificaram a progressão de miopia em crianças durante a pandemia de Covid-19. A pesquisa entrevistou 295 médicos oftalmologistas com diversas subespecialidades, e sete em cada dez profissionais notaram o aumento no número de casos.

Entre os médicos entrevistados, 75,6% avaliaram que o uso de diversos dispositivos eletrônicos pode agravar o quadro de miopia. A oftalmopediatra Dra. Nathália Cristina Ribeiro explica que a falta de atividades ao ar livre e o ensino à distância são alguns dos principais fatores.

O CBO considera preocupante a situação apresentada pela pesquisa, pois revela que as mudanças de hábitos geradas pela pandemia estão afetando a saúde ocular dos jovens, com possibilidade de complicações no futuro.

O diagnóstico de miopia, por exemplo, pode avançar na forma de outras doenças, como descolamento de retina, catarata e glaucoma, que leva à cegueira. Para o oftalmologista Dr. Tiago Ribeiro, seguir as recomendações de prevenção e usar os aparelhos eletrônicos com moderação é o caminho mais eficaz para evitar problemas na visão.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Rebouças – Ao vivo, Executivo presta homenagem aos profissionais de Saúde

Dando sequência às visitas pelas unidades de Saúde do município, na tarde deste dia 17 de …