Home Saúde Vacinas evitaram internações e mortes mesmo sem reforço de dose

Vacinas evitaram internações e mortes mesmo sem reforço de dose

0

Em pouco mais de nove meses mais de cinco bilhões de doses de vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas. Com isso cerca de um quarto da população mundial já está efetivamente protegida. O coronavírus já matou mais de quatro milhões de pessoas.  Mas por outro lado trouxe também muitos aprendizados. Além da importância dos cuidados básicos para evitar contaminações também mostrou o valor da imunização. A queda no número de mortes mostra que as vacinas funcionam e que estão cumprindo o papel de proteger casos graves da doença que exigem internação e intubação e muitas vezes acabam em óbito, mas autoridades em muitos países já falam da necessidade do reforço da terceira dose. O infectologista Luiz Gustavo Santos, coordenador do grupo Eu Saúde de Telemedicina explica porque.

O infectologista também esclarece sobre a menor efetividade de vacinas em pessoas com mais de 90 anos.

Segundo o Ministério da Saúde pela primeira vez desde o início da pandemia do Coronavírus estados brasileiros registraram taxa de ocupação inferior a cinquenta por cento em leitos para pacientes com Covid-19, tanto clínicos como de UTI. A pasta avalia o atual cenário como resultado da vacinação acelerada. No total cento e oitenta e sete milhões de doses já foram aplicadas no braço dos brasileiros.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Rebouças – Ao vivo, Executivo presta homenagem aos profissionais de Saúde

Dando sequência às visitas pelas unidades de Saúde do município, na tarde deste dia 17 de …