Home Saúde Rebouças registrou casos de variantes P1 e P2, do coronavírus

Rebouças registrou casos de variantes P1 e P2, do coronavírus

0

Um caso era da P1, que costuma evoluir para casos mais graves, e outro da variante P2. Felizmente nos dois casos, os pacientes já estão curados

Da variante P1 foi com uma mulher de 44 anos  residente na área. Segundo Aguinaldo Antonio Hurbik, do setor de  Vigilância Epidemiológica, a paciente já havia sido vacinada contra o coronavírus. “Essa variante P1 que foi encontrada em uma das amostras de pacientes, essa pessoa também já tinha tomado há mais de 15 dias a segunda dose da vacina”, lembra Aguinado.

A coleta  ocorreu no dia 05 de março. 14Considerando que o caso envolvia alguém que já havia sido vacinada, o material foi enviado para a Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, que depois de um sequenciamento genético, confirmou ser a variante P1.

Aguinaldo  informou que a paciente se infectou fora do município e não chegou a contaminar outra pessoa. “Essa pessoa teve contato com pessoas de outras cidades, da cidade de Ponta Grossa, e provavelmente a fonte de infecção foi nessa cidade, não teve nenhuma infecção ou passou essa infecção para outras pessoas aqui no município naquela época”, relata.

Ela teve sintomas importantes como febre, dor muscular, dor nas articulações, fraqueza, perda de olfato, perda de paladar, mas felizmente não evoluiu para um quadro mais grave.

O OUTRO CASO

(continua após publicidade)

 

No caso da variante P2, o paciente infectado era um jovem de 19 anos, que mora na área rural do município, e ocorreu há dois meses. “É um caso também de pessoa que estava em outra cidade que voltou contaminada”, informou Aguinaldo.
O paciente apresentou sintomas leves; não entrou no quadro moderado nem grave.  E,  já está em atividade há bastante tempo. Nos dois casos, não houve reinfecção.

informações: Aguinaldo Antonio Hurbik Karin Franco, reportagem de Rodrigo Zub

 

Comentários estão fechados.

Veja Também

ENTREVISTA – Especialista fala sobre Cefaleia

19 de maio, é o Dia Mundial da Cefaleia. E, o jornalista Clayton Burgath conversou com sob…