Home Notícias Regionais Rebouças: “Não existe a mínima possibilidade de negociação da minha parte com essa diretoria que está aí agora,” afirmou Hugo 

Rebouças: “Não existe a mínima possibilidade de negociação da minha parte com essa diretoria que está aí agora,” afirmou Hugo 

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

População clama por destituição da atual  diretoria do Hospital de Caridade Dona Darcy Vargas

Por: Clayton Burgath, jornalista

Neste domingo, 9 de junho, ocorreu uma Assembleia dos Contribuintes Voluntários e de grande parte da população nas dependências da Câmara de Vereadores de Rebouças. O evento foi marcado por fortes depoimentos que destacaram a insatisfação com a atual diretoria do Hospital de Caridade Dona Darcy Vargas. Entre os presentes, o médico Hugo Reis, que atuou por muitos anos no hospital e moveu uma ação trabalhista contra a instituição, e o advogado Robson Krupeizak, expressaram suas opiniões sobre a gestão vigente e a necessidade urgente de mudanças.

O médico Dr. Hugo Reis, durante sua entrevista ao jornalista Clayton Burgath, enfatizou as calúnias e mentiras propagadas, afirmando que a instituição merece uma gestão mais séria e participativa. “Esse hospital tem afundado e agora é hora de renovação,” declarou o médico, que também relatou sua experiência negativa com a atual diretoria, incluindo falta de pagamento e falta de diálogo. “Não existe a mínima possibilidade de negociação da minha parte com essa diretoria que está aí agora,” afirmou Hugo, explicando que acordos anteriormente firmados não foram honrados.

 O médico ainda lamentou o declínio do hospital desde sua chegada em 2012, destacando a falta de respeito e a omissão por parte da administração, o que culminou em sua demissão. “A população merece um hospital melhor, com atendimento mais humano e uma direção participativa,” concluiu Hugo, evidenciando o desejo da comunidade por uma gestão mais eficiente e comprometida.

Em seguida, o advogado Robson Krupeizak  frisou a importância do movimento popular para a destituição da atual diretoria. Ele informou que a mobilização reuniu mais de 300 pessoas, resultando em um abaixo-assinado significativo. “Hoje tivemos uma prova de que a ação popular tem força,” disse Robson, anunciando que uma nova assembleia foi marcada para o dia 29 de junho, quando será votada a retirada da atual direção.

“A destituição (da atual diretoria) seja aprovada, o conselho fiscal assumirá provisoriamente, com uma nova eleição para a diretoria devendo ocorrer em um prazo de cinco a seis dias, conforme previsto no estatuto da entidade”, explicou o advogado. A expectativa da população presente ao ato, é que essa mudança traga uma nova era de administração e eficiência para o Hospital de Caridade Dona Darcy Vargas, refletindo os anseios e necessidades da comunidade de Rebouças.

 

Comentários estão fechados.

Veja Também

Trabalhador fica ferido após saltar de máquina desgovernada na BR-376

Incidente ocorreu na manhã desta quinta-feira em obra próxima ao viaduto Santa Paula; em P…