Home Policiais REBOUÇAS- Confronto violento resulta em vítima de queimaduras graves

REBOUÇAS- Confronto violento resulta em vítima de queimaduras graves

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Uma ocorrência de extrema gravidade mobilizou a Polícia Militar no último domingo, 21 de janeiro. Por volta das 14 horas, uma equipe policial foi acionada para atender a uma situação dramática que teve como cenário um violento confronto entre um morador e um indivíduo aparentemente embriagado.

De acordo com informações obtidas no hospital local, um senhor relatou à equipe policial que, por volta das 13 horas, um indivíduo visivelmente embriagado havia visitado sua residência. O motivo do encontro foi uma breve discussão sobre a venda de um veículo. Após o desentendimento, o visitante deixou a residência, mas retornou 30 minutos depois com atitudes alteradas.

Surpreendentemente, o indivíduo voltou ao local com a intenção de atear fogo no veículo em questão. Segundo a vítima, o agressor estava armado com uma garrafa pet contendo um líquido inflamável, que mais tarde foi identificado como álcool. Ao tentar impedir o ato criminoso, a vítima entrou em luta corporal com o agressor e acabou ferindo-o com um facão.

O confronto atingiu seu ponto crítico quando o agressor, já ferido, lançou o líquido inflamável em chamas em direção à vítima, causando queimaduras graves em sua cabeça, face, tórax e braço esquerdo. Presenciando o ataque ao padrasto, o enteado reagiu, golpeando o agressor com uma foice na região escapular. Após o ataque, o suspeito conseguiu fugir do local, seu paradeiro permanecendo desconhecido.

A vítima, gravemente ferida, foi socorrida por familiares e encaminhada ao hospital local. Dada a gravidade dos ferimentos, foi posteriormente transferida para o Hospital Regional de Ponta Grossa. Às 18h25, a equipe policial foi novamente acionada pelo hospital, informando que o agressor havia dado entrada na instituição.

No retorno ao hospital, constatou-se que o agressor apresentava lesões na cabeça e na mão, além de sinais evidentes de embriaguez. Após contato com o médico plantonista, foi determinado que as lesões no agressor eram de natureza leve na mão, na cabeça e na região escapular. Laudos de lesão corporal foram realizados em todos os envolvidos, e o caso foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Irati para os procedimentos da polícia judiciária, com exceção da vítima, que permanece internada. (imagem meramente ilustrativa)

Comentários estão fechados.

Veja Também

IRATI – PC cumpre prisão preventiva por estupro de vulnerável

A Polícia Civil do Paraná (PCPR), através da 41ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Ir…