Home Notícias Regionais Ponta Grossa: filho adotivo é suspeito de ter matado a própria mãe

Ponta Grossa: filho adotivo é suspeito de ter matado a própria mãe

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Uma mulher de 46 anos foi morta em Ponta Grossa após uma briga familiar. O crime ocorreu na noite de sexta-feira (03), na rua Manoel Marques, na vila Coronel Cláudio. Segundo informações da Polícia Militar, Sandra Mara Pinheiro, que trabalhava como diarista, foi assassinada a tiros pelo seu filho adotivo.

O suspeito ainda está foragido. De acordo com a PM, a confusão começou quando o filho adotivo de Sandra e seu filho biológico entraram em uma briga por causa do ponto de venda de drogas. Ao chegar ao local da briga, Sandra encontrou seu filho caído no chão e inconsciente. Foi então que o filho adotivo se juntou a outras pessoas e começou a agredir sua mãe com coronhadas e uma chave de fenda. Em seguida, os disparos ocorreram, atingindo o tórax e o glúteo de Sandra. Ela foi atendida pelo Samu, mas morreu a caminho do hospital.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Segundo a PM, outras pessoas ficaram feridas durante a confusão, mas recusaram atendimento médico. A polícia realizou patrulhamento na região em busca dos envolvidos, porém ninguém foi preso.

No local do crime, foram encontradas 13 cápsulas deflagradas de uma pistola calibre .380, que foram encaminhadas à 13ª Subdivisão Policial.

Comentários estão fechados.

Veja Também

🎥 REBOUÇAS – Com as palavras “justiça, justiça”, manifestantes pedem destituição da diretoria do Hospital local

No dia 20 de maio, às 13h30, o plenário da Câmara de Vereadores de Rebouças foi palco de u…