Home Policiais Golpe do WhatsApp clonado: como se proteger?

Golpe do WhatsApp clonado: como se proteger?

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

O WhatsApp é um dos aplicativos mais usados para troca de mensagens, fotos e vídeos, mas também é alvo de golpes. Dois métodos comuns são o roubo de conta, conhecido como WhatsApp clonado, e a criação de perfis falsos. No caso do WhatsApp clonado, o criminoso assume o controle da conta ao obter o código de verificação do usuário, muitas vezes através de uma ligação em que se passa por funcionário de uma empresa. Já no golpe do perfil falso, o criminoso cria um perfil com fotos roubadas e pede dinheiro aos contatos da vítima. Ambos os golpes visam convencer familiares e amigos a fazer transferências ou pagar contas, frequentemente usando a desculpa de estar em um local com má conexão para aumentar a urgência.

O especialista em proteção de dados e direito digital, Felipe Palhares, orienta que instalar autenticação em duas etapas, é importante.

A dupla verificação fica lá em cima, nas três bolinhas à direita na tela do whastapp. É só clicar e ir para configurações e conta. Quem cai no golpe e não tem essa dupla verificação, enfrenta uma dificuldade maior: é que o criminoso pode, ele mesmo, instalar o sistema. E aí, o dono da conta terá mais trabalho para retomar os contatos.

Ao cair no golpe, é importante registrar um boletim de ocorrência. Entre outras orientações é importante nunca clicar em links ou sites desconhecidos e jamais compartilhar senhas.

Comentários estão fechados.

Veja Também

PG – Criminoso armado tenta roubar estabelecimento, mas é surpreendido por reação do proprietário

Os tiros acertaram o suspeito na cabeça, tórax, abdômen e braços. Na tarde de quinta-feira…