Home Saúde Robô criado no Paraná identifica Covid-19 por raio-x

Robô criado no Paraná identifica Covid-19 por raio-x

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Um dos sinais graves apresentados por pacientes com Covid-19 é a consolidação pulmonar, um quadro onde o ar que deveria estar no pulmão é substituído por líquido, o que gera lesões no órgão. Este sintoma pode ser observado no raio-x do tórax, porém as imagens não indicam se ele foi causado por vírus ou bactérias. Mas, um robô desenvolvido em Cascavel, no oeste parananense, foi ensinado a interpretar os exames, identificando o tipo da lesão, e quase instantaneamente, dando condições de diagnóstico, como explica Robson Fagundes, CEO da RDICOM (erredaicom), startup que criou o equipamento.


O robô Vics foi treinado pela análise de mais de 100 mil exames. Para a Covid-19, o índice de precisão de identificação do robô é de 97%. Para a pneumonia, 89%. Segundo o diretor-executivo, a empresa firmou uma parceria com a prefeitura de Cascavel para a alimentação de informações e testagens.

Em Cascavel, o robô já está disponível para profissionais que atuam nas Unidades de Pronto Atendimento e as equipes estão recebendo treinamento para utilizarem a tecnologia. Para o secretário municipal de Saúde, a solução é uma aliada dos profissionais e deve ser incorporada como uma ferramenta para dar mais segurança nas decisões médicas.

O diretor da startup, Robson Fagundes, ressalta que o robô Vics faz parte da chamada Saúde 4.0, que traz a tecnologia para dentro das unidades de atendimento e hospitais, agilizando e facilitando processos.

Vale ressaltar que, em nenhum momento, o robô vai substituir a análise e o critério médico. O objetivo é que a novidade possa ser aplicada também em outros municípios.

 

rede AERP

Comentários estão fechados.

Veja Também

Rebouças registra 30 novos casos de dengue em uma semana

Durante os dias 15/04 a 19/04/2024, foram identificados 30 novos casos de dengue entre os …