Home Notícias Regionais RIO AZUL: Secretário explica. Máquinas agrícolas devem ser registradas para transitar

RIO AZUL: Secretário explica. Máquinas agrícolas devem ser registradas para transitar

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

No dia 23 de junho, ocorreu uma reunião na sede da AMCESPAR (Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná), onde representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) repassaram orientações importantes sobre o trânsito de máquinas agrícolas em vias públicas. Airton Rigo Moreto, secretário de Agricultura de Rio Azul, comentou de que naquela oportunidade  foram repassadas informações sobre  a Resolução CONTRAN Nº 978 DE 05/09/2022, estabelecendo um prazo para que os proprietários de máquinas agrícolas tomassem conhecimento das regulamentações, cabendo agora a possibilidade de notificação daqueles que descumprirem essa resolução.

É importante ressaltar que nem todas as máquinas agrícolas estão autorizadas a transitar em vias públicas. Apenas os veículos rurais que possuem dimensões máximas de 2,80 metros de largura, 4,40 metros de altura e 15 metros de comprimento estão permitidos a circular em ruas, avenidas e estradas. Também cita-se como exemplo, rodovias federais, como a BR 153, que margeia município de nossa região.

“Além disso, foi esclarecido que o Registro Nacional de Tratores e Máquinas Agrícolas (Renagro) passou a ser obrigatório para todos os condutores que transitarem com tratores e outros veículos rurais fabricados a partir de 2016 em vias públicas. No entanto, o registro é facultativo para máquinas agrícolas mais antigas que não circulam em ruas, avenidas e estradas”, comentou Airton.

continua após publicidade

 

A implementação do Renagro traz diversas vantagens, especialmente em relação à segurança do produtor rural, que passará a ter um documento oficial de registro de sua máquina agrícola. Anteriormente, a propriedade do veículo era comprovada apenas com a nota fiscal, sem a existência de um cadastro nacional único dos equipamentos rurais.

O sistema de registro também funciona como uma garantia de procedência e origem das máquinas agrícolas, como colheitadeiras, plantadeiras, semeadeiras, arados, entre outros. Isso facilita negociações e permite o uso desses equipamentos como garantia em financiamentos. As informações registradas são integradas com as forças policiais, contribuindo para desestimular roubos e aumentar a eficiência na resolução de crimes relacionados a esses equipamentos.

O processo de registro da máquina agrícola é realizado de forma eletrônica e simplificada, através da Plataforma Nacional de Registro e Gestão de Tratores e Equipamentos Agrícolas (ID Agro). Essa plataforma pode ser acessada tanto por meio de um computador quanto por um aplicativo de celular disponível para os sistemas operacionais iOS e Android. ( PARA ACESSAR O ID AGRO, CLIQUE AQUI)

Essas medidas têm como objetivo principal garantir a segurança no trânsito, evitar acidentes e contribuir para o controle e fiscalização adequada das máquinas agrícolas em vias públicas.

 

Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeito Leandro Jasinski destaca importância da adesão dos municípios da AMCESPAR ao COGEMATE em reunião histórica

Nesta quarta-feira, dia 17 de abril de 2024, o prefeito de Rio Azul, Leandro Jasinski, mar…