Home Notícias Regionais RIO AZUL – Chuvas torrenciais causam prejuízos milionários na agricultura

RIO AZUL – Chuvas torrenciais causam prejuízos milionários na agricultura

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Por: Clayton Burgath – Jornalista

Rio Azul, 17 de outubro de 2023 – O Secretário de Agricultura de Rio Azul, Airton Rigo Moreto, apresentou nesta quarta-feira, 17 de outubro, um levantamento alarmante sobre os prejuízos causados pelas constantes e torrenciais chuvas que têm atingido a região sul do Brasil nas últimas semanas. O município de Rio Azul, assim como outras áreas da região, enfrenta dificuldades significativas, com perdas substanciais na agricultura, conforme os dados divulgados.

AIRTON MORETO, Secretário de Agricultura de Rio Azul

Como exemplo, somente as chuvas que assolaram Rio Azul, atingindo um pico de 94,00 mm no dia 8 de outubro, deixaram um rastro de destruição, impactando fortemente o setor agrícola do município (no acumulado, até o dia 17, passou de 355 mm). De acordo com Moreto, a cultura do tabaco foi uma das mais atingidas, com 2.450 produtores enfrentando prejuízos estimados em R$ 1.860.000,00. Além disso, a soja sofreu com a germinação comprometida em áreas onde o plantio já havia sido realizado, resultando em prejuízos de R$ 2.100,000,00 e, no caso do trigo, 20 produtores foram afetados, com perdas estimadas em R$ 840.000,00. Somados, esses prejuízos totalizam R$ 4.800.000,00. Claro, esse valor trata-se de uma estimativa baseada em levantamento de campo, podendo ao final, variar para mais, ou para menos.

Airton Rigo Moreto ressaltou a gravidade da situação, afirmando que “com precipitações acima da média para o período, iniciadas em 4 de outubro, o Município de Rio Azul enfrentou severas dificuldades na manutenção de estradas rurais, com queda de bueiros, danos a pontes e alagamentos em pontos críticos”. Além disso, a erosão nos solos em estágio pré-plantio afetou significativamente a agricultura, com a cultura do trigo em fase de maturação e colheita, o que prejudicou a produtividade e a qualidade do produto colhido. Na fumicultura, os danos potenciais ocorrerão de forma indireta, favorecendo o desenvolvimento de fitopatógenos.

A situação da soja também é preocupante, já que áreas que já haviam sido plantadas precisarão de replantio, o que implica em custos adicionais e atrasos nas colheitas.

O município de Rio Azul está mobilizando esforços para lidar com os prejuízos e a recuperação das áreas afetadas. Airton Rigo Moreto destacou que o Poder Executivo local já obteve na última segunda-feira (16), por parte do Governo do Estado, a homologação de Decreto de Emergência   para Rio Azul.

A homologação da situação de emergência permite o apoio do Estado aos municípios atingidos, e caso tenha o reconhecimento federal, as cidades também recebem apoio da União.

 

 

Comentários estão fechados.

Veja Também

Hospital Darcy Vargas – Justiça Federal não reconhece atual Diretoria

Decisão dá prazo de 15 dias para  apresentação da ata da assembleia que elegeu a nova dire…