Home Saúde Redes sociais e saúde mental: especialistas falam sobre o uso saudável das plataformas na internet

Redes sociais e saúde mental: especialistas falam sobre o uso saudável das plataformas na internet

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Muito usadas durante o período de isolamento social, por causa da pandemia de Covid-19, as redes sociais podem se tornar um desafio para a saúde mental.

A psicóloga do Serviço de Apoio Psicopedagógico da PUC-PR, Beatriz Gomes Vaz, destaca o impacto que a utilização dessas plataformas pode gerar, especialmente na vida dos jovens.

A rotina cada vez mais acelerada, a pressão do mercado de trabalho e até mesmo crises econômicas e a própria pandemia contribuem para o sentimento de cansaço da população.

O psicólogo e doutor em educação, Saulo Geber reforça que a internet não é, em si, um problema. Mas a forma como ela é utilizada po de se tornar um desafio.

 

Beatriz defende o uso saudável das redes na internet. Isso inclui limitar o tempo on-line e a reflexão sobre o que é real e o que está projetado. No caso de crianças e adolescentes esse cuidado precisa ser redobrado, pois os sentimentos negativos que as redes podem gerar podem também atrapalhar o desenvolvimento psíquico deles.

A sigla em inglês FOMO trata do medo de “ficar de fora” dos assuntos do momento. Em tradução, significa “fear of missing out”. Recentemente, surgiu também a sigla JOMO, de “joy of missing out”, ou seja: a alegria de estar por fora de tanta informação. Para Saulo, essa já é uma resposta dos usuários da internet que querem se distanciar da aceleração do consumo de conteúdos.

No Brasil, cerca de 152 milhões de pessoas têm acesso à internet atualmente. Com isso, 81% da população com mais de 10 anos têm internet em casa. O país é o terceiro que mais usa redes sociais no mundo, com uma média de 3 horas e 42 minutos on-line, nas redes, por dia. Ficamos atrás somente da Filipinas e Colômbia, que gastam em média 4 horas e 15 minutos e 3 horas e 45 minutos, respectivamente.

 

 

 

 

 

 

fonte:BandNews

Comentários estão fechados.

Veja Também

Menopausa: sintomas, tratamentos e dicas

A Ginecologista Loreta Canivilo, é especialista em reposição hormonal feminina, estética í…