Home Notícias Regionais Rebouças- Terreno de Hospital é penhorado e será levado a leilão para pagamento de dívida trabalhista de aproximadamente de R$ 2 Milhões

Rebouças- Terreno de Hospital é penhorado e será levado a leilão para pagamento de dívida trabalhista de aproximadamente de R$ 2 Milhões

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

No entanto,  o credor teria informado que só não levará adiante esse processo em caso de troca de gestão do hospital, já que a atual Diretoria deixou de honrar com o acordo

por: Clayton Burgath – jornalista

Rebouças, 24 de maio de 2024 – Nossa reportagem obteve, no final da tarde de ontem conhecimento de forma exclusiva, sobre o caso judicial envolvendo o Hospital de Caridade Dona Darcy Vargas, situado em Rebouças. O imóvel do hospital foi penhorado em uma ação trabalhista que totaliza quase R$ 2 Milhões. O imóvel foi avaliado em R$ 4.252.444,45, conforme avaliação realizada em 29 de agosto de 2023.

A medida de penhora foi determinada em virtude de uma dívida trabalhista (conforme termos do Art. 888 da CLT), e o bem agora aguarda a definição (do leiloeiro) de uma data para ser levado a leilão, conforme estipulado nos autos do processo.

Nossa fonte, que preferiu manter-se anônima, revelou que o credor não tem interesse na venda do imóvel, mas como a Diretoria atual deixou de honrar com o parcelamento há mais de 02 anos, não estaria disposto a negociar. No entanto, teria informado que só não levará adiante esse processo em caso de troca de gestão do hospital, já que a atual Diretoria deixou de honrar com o acordo e não manifestou interesse em tentar resolver a situação amigavelmente. Teria o credor informado que com a troca da direção atual do hospital e com a intermediação de pessoas credibilidade e confiança, como o médico Jeferson Okamoto, poderia rever a possibilidade de um novo parcelamento para evitar o leilão do hospital.

Nossa reportagem está em busca de contato com o credor para obter maiores detalhes sobre o caso e a confirmação dos termos que ele estaria disposto a rever. Continuaremos a acompanhar o desenrolar desta situação e traremos atualizações assim que novas informações estiverem disponíveis.

O bem penhorado trata-se de um terreno urbano com área total de 5.598,45m² contendo edificação em alvenaria tipo hospital com área construída de 2.272,18m², com matrícula sob nº 16.656 do CRI.

Comentários estão fechados.

Veja Também

SOBRE HOSPITAL – Prefeitura ingressa com petição pela nulidade do Mandato Irregular da Diretoria

Prefeitura contesta prolongamento indevido do mandato e irregularidades eleitorais. Destaq…