Home Policiais REBOUÇAS – Moeda falsa, ameaça e cumprimento de mandado judicial marcaram as 24h

REBOUÇAS – Moeda falsa, ameaça e cumprimento de mandado judicial marcaram as 24h

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Na noite de 24 de março, às 19h06; a solicitante informou a equipe policial de que, por volta 18h30 recebeu em seu estabelecimento comercial (mercado) uma nota de dinheiro falsa (Papel-moeda).
De acordo com ela, um home chegou até seu mercado, adquiriu alguns produtos no valor de R$ 65, onde pagou com uma nota de R$ 200.
Somente após ele sair do estabelecimento é que a vítima percebeu tratar-se de dinheiro falso.
A equipe policial com as informações das características do mesmo, realizou patrulhamento, porém não localizou o suspeito.
A nota falsa de R$ 200 foi apreendida e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Rebouças.

AMEAÇA – Por volta das 21h30, na Rua Eugênio Correia, vila Santo Antonio, a solicitante informou

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

aos policiais militares de que seu filho, menor de 14 anos de idade estava brincando com mais alguns colegas, quando tiveram um desentendimento, sendo que o pai de um dos menores, foi até a casa da solicitante onde proferiu ameaças, alegando que o filho da solicitante teria agredido o seu filho.
A mulher relatou de que o autor após os fatos, evadiu-se em um veículo Renaut Clio Sedan de cor verde.
A PM fez patrulhamento, mas não conseguiu localizar o suspeito.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

CUMPRIMENTO DE MANDADO JUDICIAL – Na sexta-feira (24) durante patrulhamento na Rua Barão do Rio Branco, Vila Operária, a PM avistou um homem, contra o qual havia um mandado de prisão expedido pela Comarca de Irati, com validade até 16 de agosto de 2023.
Feita a abordagem, inicialmente encaminhado até o hospital local para exame de lesão corpora; e posteriormente sendo encaminhado até a DP de Irati.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Estelionatos em Rio Azul geram alerta para golpes virtuais

Dois casos de estelionato são registrados em Rio Azul; vítimas perderam acesso a redes soc…