Home Política Regional Rebouças – Mesa Diretora quer reuniu também secretários municipais na primeira reunião ordinária de 2023

Rebouças – Mesa Diretora quer reuniu também secretários municipais na primeira reunião ordinária de 2023

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

A primeira reunião ordinária de cada período legislativo municipal, sempre é vista como um ato solene; pois marca o início de um novo período.

“Além disso, trata-se de um evento que pretende reunir na mesma solenidade os Poderes do Município”, lembra o presidente Ricardo Carlos Hirt Júnior (PSB), que irá para seu oitavo mandato à frente da Mesa Diretora, tendo como integrantes: José Júnior Massoquetto (PSL), vice-presidente; Marcio José Se Souza – “tiu” Chico (PROS), 1º secretário; e Daniele Andrade (PSB), 2º secretário.

É um momento especial para o sistema, onde o Executivo (prefeito e vice) tradicionalmente levam sua mensagem, resumindo as ações planejadas para o ano, e as expectativas”, comenta o presidente Ricardo.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

De acordo com ele, além dessas autoridades, também serão convidados especialmente todos os secretários municipais a prestigiarem o início dos trabalhos.

“Será uma demonstração de que a câmara estará, assim como sempre ocorreu, disposta em ouvir, colaborar e estar próxima de todas as secretarias e segmentos do poder executivo, para contribuir dentro daquilo que é de nossa competência. E claro, o convite também será extensivo ao poder judiciário de nossa comarca. Cada um desses segmentos; ao longo do ano atua independente, mas sempre de forma harmônica para o bem da população”, comentou Ricardo.

Para essa primeira reunião, também será convidado o representante do Ministério Público, na comarca.

A primeira reunião ordinária, do primeiro período legislativo reboucense, em 2023, irá ocorrer no dia 07 de fevereiro, às 19h, horário regimental.

A Câmara Municipal é o órgão legislativo, e como representante da sociedade, cabe aos vereadores analisar os interesses da coletividade e, elaborar projetos de leis, que devem ser submetidos ao voto no Plenário, a fim de propor benfeitorias para o bem-estar da vida da população. Dentre outras funções, também são os responsáveis por fiscalizar as ações do poder executivo, ou seja, da Prefeitura, principalmente no que se refere ao cumprimento da lei e da boa aplicação e gestão do dinheiro público.

A câmara possui autonomia funcional, administrativa e financeira. Nela, integram a Mesa, o Plenário, e as comissões Permanentes.

(Clayton Burgath)

Comentários estão fechados.

Veja Também

Sicredi disponibiliza R$ 66,5 bilhões no Plano Safra 2024/2025

O Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 8 milhões de associados e presen…