Home Política PROJETO DE DUPLICAÇÃO DA PR-412 ATENDE MORADORES E VERANISTAS DO LITORAL DO PARANÁ, DIZ DEPUTADO LUIZ CLAUDIO ROMANELLI (PSD)

PROJETO DE DUPLICAÇÃO DA PR-412 ATENDE MORADORES E VERANISTAS DO LITORAL DO PARANÁ, DIZ DEPUTADO LUIZ CLAUDIO ROMANELLI (PSD)

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSD) disse nesta quinta-feira, 18, que a maioria das sugestões ao projeto de duplicação da PR-412 entre Matinhos e Praia de Leste foi acatada pelo DER/PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) e apresentadas na audiência pública realizada na terça-feira, 16. “Apontamos muito que o projeto tem que garantir, além do fluxo de veículos, a segurança para pedestres, ciclistas, moradores e veranistas que utilizam ou cruzam a rodovia. As ponderações foram acatadas pelo DER-PR e incluídas no projeto”, apontou.

Romanelli destacou que a segurança é a principal preocupação dos moradores no trecho de 14,5 quilômetros que serão duplicados. Neste sentido, o projeto prevê marginais de 4,6 metros de largura com estacionamentos de remanso nos canteiros, ciclovias bidirecionais com 2,5 metros e passeios para pedestres com 3 metros de largura, em ambos os sentidos da rodovia.

Para travessia da rodovia, foram projetados 24 dispositivos – 12 por sistema de semáforo, dez travessias elevadas e duas travessias não elevadas. O trecho receberá ainda iluminação e nova sinalização vertical. “Temos um grande avanço em relação à segurança e uma obra inclusiva que vai permitir a circulação de moradores e veranistas entre os balneários deste trecho”, completa Romanelli.

O DER-PR, segundo o deputado, dispôs toda a audiência no youtube e novos questionamentos e contribuições podem ser encaminhados no e-mail protocolo@der.pr.gov.br, ou pelo whatsapp (41) 99283-1480. As sugestões serão respondidas e publicadas no portal do DER/PR. Se for necessário, o DER-PR adiantou que poderá fazer novas audiências para detalhar todas as informações do projeto. Uma vez analisadas todas as sugestões e esclarecidas as dúvidas, será publicado o edital da obra com o custo estimado em R$ 300 milhões e prazo de execução de três anos.

Obras

Segundo o projeto apresentado na audiência pública, a duplicação começa na ponte sobre o canal de Matinhos e segue até o entroncamento com a PR-407. A pista central terá quatro faixas (duas para cada sentido) de 3,5 metros de largura, e acostamentos externos de 2 metros, todos em pavimento de concreto.

Entre as obras está prevista ainda a duplicação da ponte sobre o canal de Matinhos e da ponte sobre o Rio Balneário, próximo ao final do trecho. Também será implantado um viaduto na interseção com a Avenida Curitiba, um dos sentidos da rodovia será elevado enquanto o outro permanece em nível, com o tráfego da avenida sendo integrado à rodovia por vias marginais.

Romanelli destaca que a duplicação da PR-412 é mais um grande investimento no litoral determinado pelo governador Ratinho Junior (PSD). “O objetivo é ter efetividade do ponto de vista do fluxo de veículos e, ao mesmo tempo, assegurar segurança ao pedestre. A rodovia deve ter uma velocidade máxima de 60 quilômetros por hora. Esse limitador é essencial, principalmente no período do verão”, defende.

Mais duplicação

Também está prevista a duplicação dos 12,8 quilômetros do trecho paranaense da rodovia entre Guaratuba e a cidade catarinense de Garuva, no início da PR-412. O projeto contemplará melhorias no entroncamento com a PR-808, que dá acesso a Itapoá. Um viaduto será implantado no balneário de Coroados e a ponte sobre o rio da Praia será reforçada ou reconstruída. O investimento será de cerca de R$ 100 milhões.

O DER-PR também fez audiência pública sobre este projeto. A duplicação começa na divisa entre Paraná e Santa Catarina e segue até a rotatória de acesso ao balneário Coroados, em Guaratuba. Estão previstas quatro faixas de rolamento (duas em cada sentido) com 3,6 metros de largura, acostamentos externos de 2,5 m, e um canteiro central separando os dois sentidos, com 2,2 m de largura. A partir do entroncamento com a PR-808 (acesso para o município catarinense de Itapoá), a PR-412 também ganha uma ciclovia bidirecional de 3 metros de largura.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Nenhum estado tem um sistema de defesa para a pessoa hipossuficiente como o Paraná, avalia Romanelli

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) representou a Assembleia Legislativa na posse do n…