Home Geral Pressionada pelos alimentos, inflação do Natal atinge 5,39%; frango inteiro foi item que mais encareceu

Pressionada pelos alimentos, inflação do Natal atinge 5,39%; frango inteiro foi item que mais encareceu

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Variações menos intensa nos preços de alguns alimentos e de itens de presentes seguram a inflação de Natal.

De acordo com levantamento da Fundação Getúlio Vargas, os produtos mais consumidos nessa época do ano avançaram 5,39% no acumulado dos últimos 12 meses, menos que o Índice de Preços ao Consumidor, o IPC, também apurado pela FGV, que foi de 9,88% – e também inferior à inflação oficial apurada pelo IBGE, que foi de 10,74%.

O fator que mais pressionou a inflação da cesta de Natal monitorada pela FGV foi o aumento dos alimentos, com variação média de 7,93%.

(continua após publicidade)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 67)  

 

Nos últimos 12 meses, frango inteiro, por exemplo, ficou 24% mais caro. Foi o produto da cesta de itens de Natal que mais subiu.

Em seguida, aparecem ovos, azeitona, carnes bovinas, farinha de trigo e azeite, todos com reajuste de mais de 10% no período.

Por outro lado, a queda na casa de 8% nos preços arroz e de quase 1,5% do pernil suíno contribuíram para segurar uma alta ainda maior.

Em relação aos presentes, a média da variação de preços dos itens mais procurados ficou em 3,39% este ano.

Produtos de vestuário, acessórios e eletrodomésticos e eletrônicos são , nesta ordem, os que registram os maiores aumentos.

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 66)
Comentários estão fechados.

Veja Também

Alerta amarelo: PR tem ventos intensos e possibilidade de alagamentos na segunda

O Paraná vai entrar em alerta amarelo a parti das 0h, desta segunda-feira (8). O aviso é d…