Home Política Regional Prefeito Zak analisa os dois primeiros meses de sua nova gestão

Prefeito Zak analisa os dois primeiros meses de sua nova gestão

0

Praticamente encerrando o segundo mês de mais um mandato à frente da prefeitura de Rebouças, a preocupação do prefeito Luiz Zak (PSD), é minimizar os efeitos econômicos da pandemia no município.

O Município já está trabalhando no Parque Industrial para a liberação do licenciamento ambiental para que o espaço esteja disponível tanto para fomentar o crescimento de empresas locais, como para receber novas indústrias. “Vamos tentar fazer investimentos maiores nessa área, seja com terreno, barracão, ou mesmo com a locação de barracões para tentar ajudar, atrair empresas e gerar emprego para cá”, declarou o prefeito. A gestão ainda pretende trabalhar muito nas áreas de infraestrutura, saúde e educação, que precisam de atenção constante.

Zak pretende dar continuidade ao trabalho e, por isso, não fez muitas mudanças no secretariado, apesar de ter reestruturado funções desempenhadas por membros de sua equipe. Alterou ainda metodologias de trabalho. “Estamos mudando também alguns procedimentos, algumas coisas, adotando algumas outras formas de fazer as coisas e mantendo o relacionamento político que é importante com os nossos deputados estaduais e deputados federais”, destacou o prefeito.
Licitações

Zak ressaltou sua preocupação com o orçamento do Município, pois por conta da pandemia os preços têm subido muito e tem sido mais complicado fazer licitações. “A gente tem muita dificuldade para fazer licitações e as licitações que foram feitas tem fornecedores que têm dificuldades para poder entregar os bens, os produtos que foram licitados”, explicou.

Segundo ele, dentre os produtos que tiveram expressiva alta de preços estão os materiais hospitalares e os pneus.

Esta instabilidade nos preços é tida como um dos desafios do atual mandato, apesar das contas estarem em dia. Zak conta que fechou o mandato anterior em 2020 com saldo positivo, mas se preocupar por não saber como a situação econômica do país vai ficar a médio e longo prazo.

A meta, de acordo com o prefeito é manter o andamento equilibrado da administração e o desenvolvimento sustentável do Município.

Ele frisa que pretende manter a conduta de suas outras administrações, ou sejam ouvindo e dialogando com todos os vereadores “Para saber a ideia de cada um e fazer escolhas em conjunto para o melhor andamento da gestão”. Também esta nova administração continuará sendo participativa, ou seja, dando espaço para que a população também opine.

com informações:Hoje Centro Sul

 

Comentários estão fechados.

Veja Também

Rebouças- Câmara se reúne neste sábado (06), para votar projeto do Executivo em regime de urgência

Na tarde de 05 de março, o Poder Executivo de Rebouças, enviou ao Presidente da Casa, ofíc…