Home Geral Policiais rodoviárias vão iniciar testes de drogômetros nas rodovias federais do país

Policiais rodoviárias vão iniciar testes de drogômetros nas rodovias federais do país

0

Os testes com drogômetros vão acontecer, na primeira etapa, em estradas do Paraná, Distrito Federal, Goiás, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, de 16 de agosto a 3 de setembro.

Policiais rodoviários federais de todo país passam por treinamento para uso do drogômetro, equipamento que identifica o uso de substâncias psicoativas, como cocaína e anfetaminas por motoristas. Logo na sequência, serão iniciados os testes dos aparelhos nas rodovias do país.

_____continua após publicidade_____

Os testes com drogômetros vão acontecer, na primeira etapa, em estradas do Paraná, Distrito Federal, Goiás, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, de 16 de agosto a 3 de setembro. Em seguida, a fiscalização experimental será realizada em Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo.

Os testes vão ser realizados com motoristas voluntários.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública coordena a equipe técnica que vai avaliar a eficácia do equipamento por meio da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad), e pelas forças de segurança estratégias, como Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Nacional de Segurança Pública, Departamento Nacional de Transito e Inmetro.
A capacitação dos policiais será feita até esta sexta-feira, pela equipe do Hospital das Clínicas de Porto Alegre, por meio do Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas.

Após os testes, os equipamentos que tiverem a sua eficácia comprovada serão regulamentados pelo Conselho Nacional de Trânsito e pelo Inmetro e poderão ser utilizados em ações de fiscalização do uso de drogas por parte de motoristas, prevenindo acidentes nas vias brasileiras.

Segundo a PRF, 1.872 condutores foram flagrados dirigindo sob o efeito de drogas no país em 2020, um número 24,8% maior do que em 2019. Este ano, de janeiro a abril, foram feitos 390 flagrantes. A conduta é definida como infração gravíssima no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), punida com suspensão do direito de dirigir por um ano, multa de R$ 2.934,70 e retenção da habilitação.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Primavera chega nesta semana. O que isso pode significar para a crise hídrica no Brasil?

A primavera chega oficialmente ao Brasil na próxima quarta-feira, 22 de setembro. A estaçã…