Home Policiais Polícia Civil vai fazer lives contra abuso sexual infantojuvenil, a partir de segunda-feira

Polícia Civil vai fazer lives contra abuso sexual infantojuvenil, a partir de segunda-feira

0

A Polícia Civil vai realizar a Semana PCPR de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantojuvenil com lives diárias no perfil da instituição no Instagram, entre esta segunda e sexta-feira, sempre às três da tarde. As transmissões ao vivo serão feitas pela conta @pcproficial, no instagram, e estarão disponíveis a todos os usuários da rede social, que poderão enviar perguntas sobre o tema. De acordo com o delegado Alexandre Macorin de Lima, chefe da Divisão de Polícia Especializada, a campanha é para mobilizar e conscientizar a sociedade para o compromisso de proteger crianças e adolescentes contra o abuso sexual.

O dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes. A delegada Ellen Victer, chefe do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes, ressalta que essa é a primeira vez que o trabalho de conscientização será feito pela internet.

Nesta segunda-feira, o delegado Alexandre Macorin vai fazer a abertura da semana de lives. Na sequência, a delegada Ellen Victer conduzirá a live sobre o tema Abuso ou Exploração Sexual, onde vai diferenciar os crimes e explicar sobre outros delitos correlacionados. Na terça-feira será a vez do investigador e psicólogo, Flávio Balan, que vai falar da relação do abuso sexual com o isolamento social consequente da pandemia da Covid-19. A promotora de Justiça da Promotoria de Infrações Penais contra Crianças, Adolescentes e Idosos de Curitiba, Tarcila Teixeira, será a convidada de quarta-feira. Ela vai expor as estratégias para proteção e monitoramento quando a criança está fora da escola. O coordenador-geral da força-tarefa Infância Segura da Secretaria Estadual da Justiça, Família e Trabalho, Felipe Hayashi, vai abordar os canais de denúncia e os crimes virtuais relacionados aos abusos e exploração sexual. O último dia, sexta-feira, será conduzido pela delegada Patrícia Nobre, que atua no Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes em Curitiba. Ela vai oferecer orientações de prevenção ao abuso e à exploração sexual infantojuvenil, assim como informar as estatísticas desses delitos.

AEN.

Comentários estão fechados.

Veja Também

IRATI- PRF apreende 18,5 quilos de crack e skunk escondidos no tanque de uma caminhonete

A droga foi localizada com o apoio do canil da Guarda Municipal, um casal foi preso, assis…