Home Policiais PCPR EM REBOUÇAS CONCLUI INVESTIGAÇÕES SOBRE O CRIME DE ESTELIONATO COMETIDO EM UM SUPERMERCADO DA CIDADE NO MÊS DE JANEIRO

PCPR EM REBOUÇAS CONCLUI INVESTIGAÇÕES SOBRE O CRIME DE ESTELIONATO COMETIDO EM UM SUPERMERCADO DA CIDADE NO MÊS DE JANEIRO

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100
A Policia Civil de Rebouças concluiu nesta quarta-feira (17/04/24), o Inquérito Policial que apurou a prática do crime de estelionato em um supermercado da cidade.
O fato ocorreu no dia 27/01/2024. Na ocasião, a funcionária do estabelecimento atendeu duas mulheres, sendo que uma delas pediu para realizar uma compra no supermercado e pagar com um cheque. No momento do pagamento, a autora entregou um cheque sem fundo, maior do que o valor da compra e pediu o troco em dinheiro. A vítima tomou conhecimento do crime alguns dias depois, quando o cheque retornou do banco por insuficiência de fundos.

Tomando conhecimento do crime, a Policia Civil de Rebouças iniciou diligências visando identificar a autora do crime, com a busca de imagens de videomonitoramento que tivessem capturado a ação criminosa e divulgação da imagem da suspeita nas redes sociais.
Com a rápida propagação da imagem da suspeita, chegou ao conhecimento da equipe de policiais da Delegacia de Rebouças que ela já havia cometido o mesmo crime em outras cidades, dentre elas Paulo Frontin, Paranavaí e Irati, o que deixou as autoridades policiais de todo o estado em alerta. Segundo informações, a suspeita ia até estabelecimentos comerciais e dizia que tinha um cheque do trabalho do marido. Durante a compra, dava o cheque falso com um valor maior do que o pagamento e pedia o troco em dinheiro em espécie.

No dia 14/04/2024 a suspeita foi presa em flagrante pelo crime de estelionato na cidade de Guamiranga, após ter tentado passar cheque sem fundo em um supermercado do município.
Tendo em vista a notória semelhança da mulher com a suspeita de cometer o crime na cidade de Rebouças, a vítima, que interagiu com a suspeita no dia dos fatos, foi submetida ao procedimento formal de reconhecimento de pessoa por foto, tendo reconhecido a mulher como sendo a que cometeu o crime.
Com isso, foi possivel concluir o Inquérito Policial, que foi relatado pela autoridade policial e encaminhado ao Ministério Público.
A Polícia Civil orienta que, caso tenha sido vítima da ação criminosa, procure a delegacia mais próxima para registrar o fato.

Denúncias: A Policia Civil solicita a colaboração da população com informações que auxiliem nas investigações contra esse tipo de crime. As denúncias podem ser feitas de forma anônima, pelos números 197 (PCPR), 181 (Disque-Denúncia) ou pelo Whatsapp (42) 3457-1630, diretamente à equipe de investigação.
P. CIVIL- REBOUÇAS

Comentários estão fechados.

Veja Também

PG – Criminoso armado tenta roubar estabelecimento, mas é surpreendido por reação do proprietário

Os tiros acertaram o suspeito na cabeça, tórax, abdômen e braços. Na tarde de quinta-feira…