Home Saúde Paraná defende antecipação da vacinação de trabalhadores da Educação

Paraná defende antecipação da vacinação de trabalhadores da Educação

0
clique aqui e receba nossas notícias:

O Governo do Paraná apresentou nesta quarta-feira (28) um pedido de antecipação da vacinação dos profissionais e trabalhadores da Educação ao Ministério da Saúde. O apelo foi feito pelo secretário da Saúde, Beto Preto, a autoridades da pasta federal em Brasília. O Estado defende a readequação do calendário nacional para que a imunização dos docentes e servidores aconteça simultaneamente às pessoas com comorbidades.

 

“Entendemos que existe viabilidade para uma vacinação em paralelo. Esta tem sido a orientação do governador Ratinho Junior. O Estado vem trabalhando com essa possibilidade. Temos seguido o Programa Nacional de Imunização, mas estamos pleiteando essa alteração junto ao Ministério”, afirmou o secretário.

Ele entregou um ofício ao secretário Nacional de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, reforçando o posicionamento do Paraná.

Beto Preto destacou que a mudança na orientação e a garantia das doses precisam partir do Ministério da Saúde. “Queremos vacinar os professores. Precisamos de vacinas. Vamos enfatizar esta posição do Paraná acerca da cobertura da Educação. Cabe ao Ministério essa revisão”, afirmou.

A adequação, de acordo com o secretário, é viável, seguindo, inclusive, o novo entendimento da antecipação da vacinação das forças de segurança e salvamento pelo próprio Ministério.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Toda a população adulta do Paraná será vacinada com a 1ª dose contra a Covid-19 até setembro

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta segunda-feira (14), no Palácio Igu…