Home Política Regional Nova modelagem do pedágio é por menor tarifa mas com aporte para garantir realização de obras

Nova modelagem do pedágio é por menor tarifa mas com aporte para garantir realização de obras

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

O governo estadual anunciou nesta quinta-feira como ficou o acordo com o governo federal para a concessão de pedágios no estado. A reportagem traz os detalhes.

O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, explicou nesta quinta-feira em coletiva de imprensa como será a nova modelagem de concessão de pedágio no Paraná. Depois de um extenso debate e audiências públicas realizadas pela Assembleia Legislativa em todo o estado, o governo estadual acertou com o Ministério da Infraestrutura a nova modelagem, pelo menor preço da tarifa, com aporte financeiro como garantia de realização das obras e tempo de concessão de 30 anos.

De acordo com o secretário, o lance inicial na bolsa de valores já prevê a diminuição das tarifas.


_____continua após publicidade_____

A malha pedagiada terá 2164 km de rodovias federais e 1164 km de rodovias estaduais. Segundo o secretário, apesar de ter 35% da composição dos lote as rodovias estaduais vão receber mais de 50% das obras a serem realizadas. Estão previstos 43 bilhões em obras, que devem ser executados nos primeiros 7 anos de concessão.  Sandro Alex explicou também como vai funcionar o pagamento do aporte financeiro, que está atrelado ao total de desconto oferecido pela concessionária.

Não há como precisar quando a nova concessão irá para leilão na B3 porque isso depende do tempo de análise do Tribunal de Contas. Mesmo assim, o Governo do Paraná reforçou que os atuais contratos não vão ser prorrogados o que pode ocasionar um período sem cobrança de pedágio no estado a partir do dia 28 de novembro deste ano.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Vice-prefeito de Rebouças, Fábio Marcelo Chiqueto, avalia possibilidade de candidatura após pesquisa favorável

Em ano eleitoral, as especulações começam cedo e, recentemente, chegou ao conhecimento des…