Home Notícias Regionais Irati – Médico agredido a marteladas será investigado por abuso sexual

Irati – Médico agredido a marteladas será investigado por abuso sexual

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

A Polícia Civil deverá abrir um inquérito para investigar se o médico que foi agredido a marteladas em Irati, na região central do Paraná, cometeu abuso sexual contra uma paciente.

Essa alegação partiu do companheiro da paciente, que estava com ela numa consulta na manhã de quarta-feira (18), numa Unidade Básica de Saúde (UBS) de Irati. Ele afirmou à polícia, depois de preso, que o médico baixou a calça da jovem de 16 anos para examiná-la. E por isso acredita que a companheira tenha sofrido o abuso.

Agora, com o inquérito da tentativa de homicídio contra o médico concluída e o suspeito desse crime preso, um novo inquérito, em separado, vai investigar a conduta do obstetra, para saber se ele abusou ou não da paciente.

O homem de 18 anos, que deu marteladas na cabeça de um médico em Irati, na região central do Paraná, pensou que o obstetra tinha abusado sexualmente de sua companheira.

O rapaz foi preso horas depois do crime. Ele disse ao delegado Diego Troncha que esteve com a sua companheira, de 16 anos, em consulta pela manhã no posto de saúde, quando o médico baixou um pouco a calça dela para examiná-la. O rapaz interveio, disse ao médico para não fazer aquilo. Foi quando o obstetra chamou uma enfermeira e explicou o exame. O casal então foi embora.

Mas eles voltaram à tarde. Bateram na porta do consultório e, quando o médico abriu, o rapaz atacou o obstetra, de 57 anos, com marteladas na cabeça. Funcionárias do posto correram e impediram mais golpes.

O casal fugiu, abandonando o martelo na rodoviária de Irati. Mas em seguida, a PM e  a GM capturaram o suspeito.

O inquérito foi concluído e o autor foi indiciado por homicídio qualificado tentado, por uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.

via- Ricmais

Comentários estão fechados.

Veja Também

Hospital Darcy Vargas – Justiça Federal não reconhece atual Diretoria

Decisão dá prazo de 15 dias para  apresentação da ata da assembleia que elegeu a nova dire…