Home Policiais Homem foi baleado em praça após se recusar a recolher fezes de cachorro

Homem foi baleado em praça após se recusar a recolher fezes de cachorro

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

O homem que foi baleado por um policial federal aposentado após uma discussão em uma praça de Curitiba foi ouvido na tarde desta quinta-feira (26), pela Polícia Civil. Segundo a Guarda Municipal, os dois discutiram porque o homem baleado não recolheu as fezes do cachorro dele. O caso aconteceu em 25 de julho, na Praça Bento Munhoz da Rocha, próximo à sede do Paraná Clube, no bairro Guaíra. O advogado da vítima, Igor José Ogar, diz que a ação do policial foi desproporcional.

 


O homem foi atingido por disparos na mão e na perna. Logo após a ocorrência, o policial aposentado foi levado para a Central de Flagrantes e foi liberado em seguida. Para o advogado da vítima, o policial tinha intenção de matar o homem, por uma discussão que classifica como banal.

Em entrevista à TV Band no dia dos fatos, o policial federal aposentado, Fábio Azevedo, confirma que a discussão teve início, após a vítima não recolher as fezes do cachorro dele.

Com o aumento da intensidade da discussão, o aposentado disse que foi agredido pela vítima. Ele afirma que sacou a arma e disparou contra a vítima, agindo em legítima defesa.

A vítima Pedro Juarez Ferreira confirma que houve uma tentativa de dar um chute no aposentado. Para o homem, o objetivo era o de tentar tirar a arma que estava em punho do policial. Ele também afirma ter tentado se defender.

 

Os depoimentos da vítima, do policial e das testemunhas que presenciaram o fato, são parte do inquérito que tenta apurar se houve ou não excesso na ação do policial. A decisão pelo indiciamento cabe ao delegado de polícia, que forma a convicção com base nas provas colhidas durante as investigações.

Comentários estão fechados.

Veja Também

IRATI – Polícia Militar atende a casos de ameaça e agressão

Homem embriagado ameaça mulher com faca e discussão entre irmãs resulta em agressão física…