Home Policiais Homem foi baleado em praça após se recusar a recolher fezes de cachorro

Homem foi baleado em praça após se recusar a recolher fezes de cachorro

0

O homem que foi baleado por um policial federal aposentado após uma discussão em uma praça de Curitiba foi ouvido na tarde desta quinta-feira (26), pela Polícia Civil. Segundo a Guarda Municipal, os dois discutiram porque o homem baleado não recolheu as fezes do cachorro dele. O caso aconteceu em 25 de julho, na Praça Bento Munhoz da Rocha, próximo à sede do Paraná Clube, no bairro Guaíra. O advogado da vítima, Igor José Ogar, diz que a ação do policial foi desproporcional.

 

O homem foi atingido por disparos na mão e na perna. Logo após a ocorrência, o policial aposentado foi levado para a Central de Flagrantes e foi liberado em seguida. Para o advogado da vítima, o policial tinha intenção de matar o homem, por uma discussão que classifica como banal.

Em entrevista à TV Band no dia dos fatos, o policial federal aposentado, Fábio Azevedo, confirma que a discussão teve início, após a vítima não recolher as fezes do cachorro dele.

Com o aumento da intensidade da discussão, o aposentado disse que foi agredido pela vítima. Ele afirma que sacou a arma e disparou contra a vítima, agindo em legítima defesa.

A vítima Pedro Juarez Ferreira confirma que houve uma tentativa de dar um chute no aposentado. Para o homem, o objetivo era o de tentar tirar a arma que estava em punho do policial. Ele também afirma ter tentado se defender.

 

Os depoimentos da vítima, do policial e das testemunhas que presenciaram o fato, são parte do inquérito que tenta apurar se houve ou não excesso na ação do policial. A decisão pelo indiciamento cabe ao delegado de polícia, que forma a convicção com base nas provas colhidas durante as investigações.

Comentários estão fechados.

Veja Também

PRF atende colisão frontal na BR153 em Tibagi

Por volta das 15h30  de sábado, 18 de setembro, no km 239 da BR153 em Tibagi/PR, ocorreu u…