Home Policiais Homem é dopado e queimado vivo em forno pela esposa

Homem é dopado e queimado vivo em forno pela esposa

0
clique aqui e receba nossas notícias:

A Polícia Civil prendeu uma mulher de 35 anos, suspeita de dopar e queimar o marido vivo em um forno de fumo, em Dom Feliciano, no Rio Grande do Sul. Segundo as autoridades, Erni Pereira da Cunha, de 43 anos, estava desaparecido desde fevereiro deste ano.

As investigações apontam que a esposa teria dado um copo de suco de laranja com o remédio Diazepam e, assim que o homem dormiu, colocou-o dentro de uma fornalha na estufa de fumo localizada na casa da família. A vítima morreu carbonizada e a polícia tenta encontrar a motivação do crime.

A mulher e o filho do casal, de 21 anos, foram presos temporariamente. A investigação também apontou que o jovem teria se envolvido em discussões com o pai.

 

Comentários estão fechados.

Veja Também

Dois golpes de estelionato semelhantes são aplicados em Irati