Home Saúde Governo do Paraná suspende desativação de leitos de UTI exclusivos para Covid-19

Governo do Paraná suspende desativação de leitos de UTI exclusivos para Covid-19

0

Com o aumento no número de casos confirmados da Covid-19 e de mortes, o Governo do Paraná suspendeu a desativação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) específicos para atendimentos de pessoas com o novo coronavírus.

Desde o começo da pandemia, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) abriu 900 leitos de UTI para enfrentamento à Covid-19.

O pico da ocupação de leitos começou em maio e variou entre 56% e 90%, dependendo da região do estado. A taxa de ocupação começou a cair em agosto, mas agora voltou a subir.

Desde o início de setembro, a secretaria da Saúde desativou 232 leitos adultos exclusivos para Covid-19 em 14 cidades do estado.

A maioria dos leitos foi desativada em Curitiba (70 leitos) e em Londrina (50 leitos), no norte do Paraná.

Os municípios que tiveram leitos desativados serão monitorados. Se a ocupação alcançar 75% da capacidade, os leitos de UTI serão reativados.

Conforme a Sesa, o estado paga R$ 24 mil por mês para manter um leito de UTI Covid disponível, sem paciente. Com paciente, esse preço dobra.

Investimentos

Secretaria de Saúde afirma que investiu R$ 75 milhões no pagamento desses leitos, desde o início da pandemia. Outros R$ 35 milhões devem ser pagos nas próximas semanas.

Pelos cálculos da secretaria, outros R$ 140 milhões ainda devem ser solicitados pelos hospitais, por serviços já prestados.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Pesquisador explica 5 razões para usar máscara mesmo com flexibilização

O Governo Federal finaliza um estudo para flexibilizar o uso de máscaras no país. A orient…