Home Política Regional Governador lança programa que oferece linhas de crédito para jovens empreendedores

Governador lança programa que oferece linhas de crédito para jovens empreendedores

0

O governador Carlos Massa Ratinho Junior lançou nesta segunda-feira um novo projeto para fomentar negócios criados por jovens profissionais: o programa Jovem Empreendedor. Fruto de uma parceria entre a Sejuf, Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, BRDE, e a Fomento Paraná, a iniciativa oferece linhas de crédito para incentivar a geração de emprego e o desenvolvimento de negócios para pessoas de 18 a 29 anos. De acordo com o governador Ratinho Junior, o programa vai oferecer uma linha de crédito com subsídio aos empreendedores.

O governador também destacou que o projeto é uma das maneiras de incentivar a retomada econômica do Paraná.

Nas linhas de crédito do BRDE, os recursos podem ser usados para financiar capital de giro, obras civis e instalações, compra de equipamentos e softwares, capacitação e treinamento, gastos de desenvolvimento de produtos e serviços, e gastos pré-operacionais. Os créditos disponibilizados variam de acordo com o perfil da empresa. Para as microfinanças, são disponibilizados até 200 mil reais; para produtores rurais, até 1 milhão; e, para micro, pequenas e médias empresas, até 5 milhões de reais.

O vice-presidente e diretor de operações do BRDE, Wilson Bley Lipski, destacou que o público-alvo foi selecionado para incentivar a criação de empregos em um setor que foi altamente prejudicado pela pandemia.

O secretário da Sejuf, Ney Leprevost, reforçou que os jovens são um importante foco de atenção por parte do Governo do Paraná.

No caso das linhas de crédito do BRDE, podem se enquadrar no programa quatro modalidades de empreendedores. O primeiro caso é para o empreendedor pessoa física ou produtor rural com idade entre 18 e 29 anos. Nos outros casos, micro, pequenas e médias empresas precisam atender a pelo menos um dos critérios do programa. São eles: ter sócio ou acionista majoritário com idade entre 18 e 29 anos; possuir pelo menos 51% de seus colaboradores com idade entre 18 e 29 anos; ou ter um programa de estágio e no mínimo 10% de sua folha na faixa etária. A linha de crédito poderá ser solicitada na sede do BRDE com agendamento prévio, ou pela internet pelo site do Banco. Já na linha de microcrédito fornecida pela Fomento Paraná, o objetivo é apoiar empreendedores jovens que desejam investir em um negócio próprio. O microcrédito é composto por empréstimos e financiamentos de até 20 mil reais, com até três meses de carência e prazo total de 36 meses para pagamento. O valor é destinado para trabalhadores informais, empreendedores individuais e microempresas com faturamento anual de até 360 mil reais Samuel Tives, coordenador para Políticas da Juventude da Sejuf e coordenador do programa Jovem Empreendedor, explica que esse era um projeto de suma importância para a juventude na retomada econômica.

As linhas de crédito da Fomento Paraná vão ser disponibilizadas através das 216 Agências do Trabalhador do Paraná, sendo acessível para pessoas físicas ou jurídicas que buscam fomentar seu negócio sem comprometer o fluxo de caixa da empresa com parcelas de empréstimos elevadas. Mais informações sobre o projeto Jovem Empreendedor, acesse o site www.aen.pr.gov.br.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Em dia histórico para a Unespar de União da Vitória, Hussein Bakri entrega obra do primeiro bloco, assegura recursos para segundo prédio e inicia luta pelo curso de Direito

Líder do Governo e Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, o deputad…