Home Política *Em Loanda, Estado, Itaipu e prefeitura vão acabar com maior erosão urbana do país, diz Romanelli*

*Em Loanda, Estado, Itaipu e prefeitura vão acabar com maior erosão urbana do país, diz Romanelli*

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) destacou nesta segunda-feira (22) que a parceria formada pelo Governo do Estado, Itaipu Binacional e a prefeitura vai acabar com a maior erosão urbana do Brasil localizada na cidade de Loanda no extremo-noroeste do Paraná. A erosão é formada por uma voçoroca de 2,5 km de extensão, 150 metros de largura e 30 metros de profundidade.

A área total é de aproximadamente um milhão de metros quadrados. “Era um projeto orçado em R$ 46 milhões. A Itaipu entrou com R$ 25,5 milhões e o Estado com R$ 20,8 milhões. O processo licitatório foi bem realizado e a obra de R$ 46 milhões teve seu custo reduzido para R$ 37,3 milhões”, disse Romanelli que acompanhou a assinatura da ordem de serviço pelo governador Ratinho Junior (PSD) e o prefeito Zé Maria (SD) nesta sexta-feira (21) em Loanda.

Romanelli destacou ainda o valor considerável da obra viabiliza, por exemplo, a construção de 370 moradias. “É um tamanho considerável de investimento num empreendimento igual a esse. É uma obra tão importante que vai virar um grande parque urbano. Nós vamos de fato criar uma condição para que a cidade pare de ser efetivamente destruída, de toda uma região de Loanda estava ameaçada e passa agora a ter esperança”, disse ao agradecer o diretor-geral da Itaipu, Enio Verri, e o governador Ratinho Junior.

*Obra prioritária*
A área comprometida em Loanda faz parte da bacia hidrográfica do Rio Ivaí, afluente do Rio Paraná, e de contribuição na água do reservatório da usina. A contenção do problema será feita com obras de engenharia civil e de bioengenharia, por meio de um convênio com o Instituto Água e Terra. Além do controle da erosão por meio de canais de escoamento e demais obras de engenharia, serão feitas melhorias no local para uso da população da área que hoje está degradada. Para isso será construído um parque linear próximo com plantio de árvores nativas e paisagismo ao longo das duas margens da erosão.

A participação da Itaipu na obra, segundo Romanelli, se justifica porque toda a areia formada pela erosão e que estava “comendo” a área urbana de Loanda é carreada ao Rio Paraná e pode impactar e assorear o reservatório da usina: o Lago Itaipu. “Agora, se não fosse a parceria não teríamos conseguido a contrapartida do Governo do Estado para que a obra fosse realizada”, disse.

“Essa é uma das obras prioritárias identificadas ainda em 2020 pelo prefeito Zé Maria e os vereadores. Trabalhamos muito para conquistar esses recursos e sou muito grato ao governo do presidente Lula. Levamos o projeto à equipe de transição e a Itaipu recebeu o sinal verde do governo o indicativo para liberar os recursos e o governador determinou a contrapartida. É uma obra importante para resolver uma das maiores pendências na região noroeste”, completa o deputado.

Romanelli apontou que outras áreas em Loanda e em cidades do noroeste como Santa Cruz de Monte Castelo sofrem com erosões e que a Itaipu Binacional tem um programa (Mais que Energia) de ações socioambientais justamente para evitar que resíduos de terra, areia e outros entulhos venham comprometer a saúde do reservatório e a produção da energia elétrica da usina.

Comentários estão fechados.

Veja Também

PROJETO DE LEI QUER TORNAR OBRIGATÓRIO ACOSTAMENTO NAS RODOVIAS DO PARANÁ

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) vai apresentar em agosto, na volta das sessões na …