Home Política Regional Deputado Hussein Bakri destaca início da implantação do Rede Elétrica Inteligente no Sul e Centro-Sul do Paraná

Deputado Hussein Bakri destaca início da implantação do Rede Elétrica Inteligente no Sul e Centro-Sul do Paraná

0

Nos próximos dias, a Copel vai instalar os primeiros medidores digitais inteligentes em municípios do Sul e do Centro-Sul do Paraná, com o objetivo de modernizar a gestão e a distribuição de energia elétrica no Estado. Farão parte da primeira fase do programa Rede Elétrica Inteligente as cidades de Bituruna, Cruz Machado, General Carneiro, Mallet, Paula Freitas, Paulo Frontin, Pinhão, Porto Vitória e União Da Vitória, além de Porto União (SC). O novo modelo, que não terá qualquer custo adicional para os consumidores, vai receber investimentos totais de R$ 820 milhões para fortalecer os três principais pilares da Copel: redução de despesas, investimento seguro e qualidade de energia para os clientes.
“A Copel prova mais uma vez porque é uma empresa de referência e excelência para o país no setor elétrico. Cada vez mais inserida no projeto do Governo Ratinho Junior de impulsionar o desenvolvimento regional, a companhia vai fomentar a economia do Estado e fortalecer o agronegócio, com um sistema moderno, seguro e de qualidade”, destacou o deputado Hussein Bakri (PSD), que é Líder do Governo na Assembleia Legislativa.
No Rede Elétrica Inteligente, as unidades consumidoras terão medidores digitais que se comunicam diretamente com o Centro Integrado de Operação da Distribuição da Copel, facilitando o controle de toda a cadeia, da subestação até o consumidor final. Essa tecnologia vai reduzir o tempo de desligamento provocado por intempéries e outros fatores externos ao sistema, ao permitir que a rede se religue sozinha na maioria dos casos e que a Copel detecte o ponto exato do problema a partir de Curitiba, para a ação dos técnicos no local quando for necessário.
Também será possível identificar áreas de perdas e furtos de energia que oneram a tarifa e monitorar a qualidade do fornecimento às unidades consumidoras a partir de variáveis como tensão, corrente e potência, se antecipando a possíveis falhas. O programa ainda tornará possível a leitura de consumo à distância e permitirá autonomia dos consumidores para monitorar o consumo de energia em tempo real por aplicativo, sabendo, por exemplo, quais equipamentos estão influenciando mais no gasto de energia.
Com a recente conclusão do processo licitatório para que a Copel contratasse o fornecedor que instalará a nova tecnologia em 73 cidades do Paraná, a primeira etapa do programa vai aplicar R$ 252 milhões, com benefício direto a 1,5 milhão de paranaenses (462 mil unidades consumidoras).

Comentários estão fechados.

Veja Também

Em União da Vitória, Hussein Bakri e Guto Silva se reúnem com empresários e lideranças políticas para discutir a retomada econômica e investimentos na região

O Líder do Governo, deputado Hussein Bakri, e o Chefe da Casa Civil, secretário Guto Silva…