Home Geral Confira se sua empresa pode receber o Auxílio Emergencial que já está disponível

Confira se sua empresa pode receber o Auxílio Emergencial que já está disponível

0
clique aqui e receba nossas notícias:
Microempresas (MEs) e microempreendedores individuais (MEIs), com sede no Paraná, fazem parte da relação de beneficiários. Pessoas físicas não têm direito ao benefício

Não são todas as MEs e MEIs que poderão receber o benefício. O critério adotado para seleção foi o grau de impacto da pandemia na atividade, sendo priorizadas as mais impactadas.

Para saber se sua empresa se enquadra nos requisitos necessários, CLIQUE AQUI

Pela legislação aprovada, apenas microempresas e microempreendedores individuais com sede no Paraná fazem parte da relação de beneficiários. Pessoas físicas não têm direito ao benefício. Ao todo, 27 setores serão atendidos. Entre os documentos exigidos estão CNPJ do estabelecimento; CPF do sócio; CEP do estabelecimento do beneficiário, que deve ser o mesmo constante junto à Receita Federal do Brasil; e conta bancária de pessoa jurídica, se microempresa, ou conta bancária de pessoa física ou jurídica, no caso de microempreendedor individual. Não são todas as Microempresas e MEIs que poderão receber o benefício. Em ambos os casos, foi observado o grau de impacto da pandemia na atividade, sendo priorizadas aquelas mais impactadas. O Governo do Estado regulamentou por meio do decreto 7.868/2021 o pagamento do auxílio emergencial. O programa vai destinar 80 milhões de reais para apoiar financeiramente 124 mil empresas ativas. O valor é 35% superior ao estimado pela Secretaria de Estado da Fazenda. Os recursos são oriundos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza do Paraná. O pagamento vai seguir os moldes dos créditos oferecidos pelo programa Nota Paraná. Ou seja, os valores ficarão disponíveis na plataforma do auxílio para depois serem transferidas para as contas bancárias indicadas pelos titulares do cadastro e o custo da transferência bancária não será repassado ao beneficiário. O crédito financeiro do auxílio emergencial será ofertado na plataforma digital, a todos os empresários enquadrados, até o dia 20 de cada mês. Saldo que vai entrar na conta bancária indicada até o dia 30 de cada mês, desde que solicitados até o dia 25 do mês corrente. Já as solicitações de resgates feitas após essa data terão o valor disponibilizado até o dia 30 do mês seguinte.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Especialista alerta para o risco de compartilhar selfie com a carteira de vacinação

Tirar selfie para comemorar que recebeu a vacina contra a Covid-19 exige cuidado. O compro…