Home Política Caixa anuncia R$ 43 bi em crédito imobiliário e carência de 6 meses para pagamento

Caixa anuncia R$ 43 bi em crédito imobiliário e carência de 6 meses para pagamento

0

Um crédito imobiliário de R$ 43 bilhões foi anunciado nesta quinta-feira (9), pela Caixa Econômica Federal. Durante a pandemia do novo coronavírus e com empregos ameaçados, o banco considera a medida como forma de manter os empregos das pequenas, médias e grandes construtoras.

O presidente da instituição pública, Pedro Guimarães, ao anunciar a medida, disse que o valor garante a construção de mais de 500 mil unidades habitacionais e a manutenção de mais de 1 milhão de empregos no setor da construção. Além disso, destaca que R$ 43 bilhões de agora fazem parte de um total de R$ 154 bilhões, em novas linhas de financiamento.

Outra medida anunciada por Pedro Guimarães foi a suspensão de seis meses para o pagamento de prestações de novos imóveis. Em relação aos contratos já vigentes, a carência é de três meses.

Também durante o anúncio do crédito imobiliário, Pedro Guimarães disse que o pagamento do auxílio emergencial aos informais já começou a ser feito, a 2,5 milhões de pessoas, entre correntistas do Banco do Brasil e poupadores da Caixa.

Guimarães destacou, ainda, que na próxima terça-feira (14), mais 3,5 milhões brasileiros devem receber o auxílio via contas digitais que a Caixa criou para quem não tinha conta bancária.Segundo a Caixa Econômica, os informais cadastrados no aplicativo e no site da caixa para receberem o auxílio já tiveram os dados enviados para a Datraprev, que vai fazer a análise das informações fornecidas. Desde o lançamento das plataformas até essa quarta-feira, foram quase 30 milhões de cadastros. Quem tiver direito ao benefício, começa a receber o valor na conta a partir da próxima quarta (15) ou quinta-feira (16).

Comentários estão fechados.

Veja Também

Prazo para apresentação de plano para fim de lixões nos municípios encerra no final do ano e prefeitos devem ficar atentos

Com a publicação do Novo Marco Legal do Saneamento, associações de municípios estão alerta…