Home Saúde Boletim da Fiocruz traz recomendações às novas prefeituras para enfrentamento da Covid-19

Boletim da Fiocruz traz recomendações às novas prefeituras para enfrentamento da Covid-19

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Quando um gestor é eleito, a população espera que ele saiba administrar da melhor forma os problemas do município. Mas em tempos de pandemia, esse desafio é ainda maior. Por isso, a Fundação Oswaldo Cruz lançou um novo Boletim do Observatório Covid-19, que traz recomendações aos prefeitos eleitos e reeleitos para enfrentamento da doença, nos municípios brasileiros.

Entre as recomendações estão medidas para redução de aglomerações, fortalecimento da Atenção Primária à Saúde, preparativos para vacinação e campanhas de prevenção de risco.

O pesquisador da Fiocruz, Carlos Machado, ressalta a importância da divulgação das campanhas nos meios de comunicação, principalmente nas cidades do interior.

“Campanhas de educação em saúde envolvendo os agentes comunitários e os agentes de endemia. Segundo: no interior, tem bicicleta e moto com som; na igreja pode colar cartazes com informações. Campanhas através das rádios, panfletos são possíveis e devem ser realizadas pelas prefeituras.”

O epidemiologista e professor da Universidade de Brasília (UnB), Wildo Navegantes, recomenda o esforço dos prefeitos eleitos e reeleitos, para não enviar os pacientes com Covid-19 para as regiões metropolitanas.

Wildo Navegantes, epidemiologista e professor da Universidade de Brasília.

“É interessante que o prefeito ou a prefeita, que agora entre, tenha clareza que não adianta simplesmente mandar pacientes mais graves para capital, mas fazer o esforço de regionalizar a atenção, com UTIs, equipamentos, testes. Toda a parte de exames complementares e de imagens são pactuadas com orçamentos municipais.”

O Boletim do Observatório Covid-19 da Fiocruz é realizado por uma equipe multidisciplinar de pesquisadores, voltado para o estudo do novo coronavírus, em diferentes áreas. A pesquisa apresenta, quinzenalmente, um panorama geral do cenário epidemiológico da pandemia, com indicadores-chave, como taxa de ocupação de leitos de UTI, hospitalização e óbitos, entre outros.

Comentários estão fechados.

Veja Também

Rebouças – Secretária de Saúde rebate comunicado do Hospital Darcy Vargas

Ela contesta a publicação do hospital, que a alegada justificativa para a demora no atendi…