Home Política Assembleia Legislativa homenageia Hospital da Cruz Vermelha

Assembleia Legislativa homenageia Hospital da Cruz Vermelha

0
AGÊNCIA REBOUÇAS- Rua: José Afonso Vieira Lopes, 303 - Centro, Tel (42) 3457-1100

Por proposição do deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD), a Assembleia Legislativa do Paraná prestou homenagem na sessão desta segunda-feira, 24, ao Hospital da Cruz Vermelha de Curitiba. A instituição comemora os 75 anos de fundação e recebeu uma Menção Honrosa pelos serviços prestados no Estado.

“Homenageamos uma das grandes instituições do Paraná. A Cruz Vermelha, todos sabem, é uma organização respeitada no mundo inteiro pelo trabalho social, ajuda humanitária e pelo atendimento à vítimas de catástrofes e de guerras. A Cruz Vermelha é sinônimo da prática do bem e uma referência na forma de cuidar das pessoas”, afirmou Romanelli.

Criada em 1863, a Cruz Vermelha Internacional está presente nos mais inóspitos lugares do Planeta para prevenir e atenuar o sofrimento humano, sem distinções, acrescentou o deputado Romanelli. “Aqui no Paraná, a Cruz Vermelha chegou em 1917. São 105 anos de história e de trabalho em favor dos paranaenses, principalmente das pessoas em situação de vulnerabilidade social”, relatou.

Romanelli também ressaltou os valores que regem a organização, como a independência, a imparcialidade, a neutralidade, a unidade e a universalidade.  “Mas o que marca realmente a existência da Cruz Vermelha é a Humanidade e o Voluntariado”, apontou o deputado ao discursar na sessão legislativa. A Cruz Vermelha, mais do que prestar socorro, protege a vida e a saúde das pessoas, e valoriza e respeita o ser humano”, acrescentou.

Na pandemia, a unidade hospitalar foi referência no tratamento da Covid-19, com 70 mil atendimentos e 20 mil internações. “Eu fui um destes pacientes e sei como é difícil passar pela doença”, rememorou Romanelli. “Não foi fácil passar 11 dias hospitalizado, mas tive a felicidade de ser cuidado por uma equipe de médicos e enfermeiros muito profissional e atenciosa, a quem, mais uma vez, agradeço publicamente”, completou.

História – O Hospital da Cruz Vermelha de Curitiba abriu as portas em 1947 e abrigou o primeiro pronto socorro de Curitiba. Atualmente, presta serviços ao SUS, com atenção especial à cardiologia, cirurgia geral, otorrinolaringologia e tem sido referência no atendimento ao idoso. O hospital integra também a rede pública de urgências e emergência.

De acordo com o médico Jerônimo Antônio Fortunato Júnior, presidente da organização, desde 2001 o Cruz Vermelha tem a certificação de hospital-ensino. Ele reforçou, contudo, que a unidade sempre colaborou na formação de profissionais de saúde – medicina, enfermagem, nutrição clínica, psicologia, farmácia, fisioterapia, técnico em radiologia e biomedicina. Também atua na pós-graduação com 12 serviços de residência e especialização médica.

O médico destacou também a qualidade do corpo clínico e demais profissionais que atuam no hospital. “É, mas não parece hospital. Temos um ambiente que dá aconchego e entrega aquilo que o paciente mais precisa: amor, carinho e respeito”, reforçou Fortunato Junior, lembrando da atuação da equipe durante a pandemia. “O hospital esteve sempre à disposição em todos os momentos que a população pediu”.

Fortunato Junior agradeceu a homenagem do legislativo e confirmou  que o hospital faz 15 mil atendimentos por mês pelo SUS, entre consultas, exames e outros procedimentos ambulatoriais. A unidade da Cruz Vermelha da capital conta com 174 leitos, sendo 24 UTIs (14 exclusivas para o SUS). Nas sete salas cirúrgicas são realizados mensalmente 900 procedimentos, de média e alta complexidade.

A estrutura conta ainda com sala de hemodinâmica para urgência e emergência, e serviços de cateterismo cardíaco e angioplastia coronariana. “O Hospital da Cruz Vermelha atende 50% dos casos de dor torácica registrados no Estado, principalmente em Curitiba e cidades da região metropolitana. É um hospital de alta resolutividade e merece o nosso reconhecimento e respeito”, acrescentou o deputado Romanelli.

Presença – A sessão solene do legislativo, que marcou a entrega da Menção Honrosa, contou com as presenças de Méri Barth, diretora de Atendimento, e Juliana Cotrim , diretora de Enfermagem do Hospital da Cruz Vermelha.

Comentários estão fechados.

Veja Também

*Ivo Pierin construiu uma vida digna de reconhecimento, diz Romanelli*

O empresário Ivo Pierin Junior recebeu na noite de segunda-feira, 08, o título de Cidadão …