Home / Rio Azul / Rio Azul: prefeito comenta sobre notícia veiculada, em que ele teria sido agredido por uma mulher, na prefeitura

Rio Azul: prefeito comenta sobre notícia veiculada, em que ele teria sido agredido por uma mulher, na prefeitura

O prefeito Rodrigo Solda, encaminhou a nossa redação, sua versão sobre uma informação que foi divulgada no 24 de janeiro – via áudio em grupo de WhatsApp – onde uma voz masculina “informava” que o prefeito teria sido agredido na prefeitura por uma mulher, e que  viaturas da polícia militar estavam percorrendo a cidade para possivelmente localizar  a suposta autora da agressão, também citada  na narrativa.

Solda disse que:  “nem tudo que se ouve é o que parece. Nem tudo o que parece é o que realmente é! Muitas vezes alguns órgãos de  imprensa tentam manipular informações e inverter os fatos, tudo depende de quem irá favorecer. Escute, pense e reflita se aquilo que vimos e ouvimos é verdadeiro. É importante sempre tomarmos a decisão certa na vida, e para isto precisamos verificar as informações para não sermos enganados”, frisou o prefeito

Rodrigo Solda esclareceu o que ocorreu naquela data e horário:

Rodrigo ainda ressalta a importância de se ater para a verdade das informações.  Segundo ele, além do B.O, serão tomadas as medidas cabíveis para responsabilizar o autor e mostrar que fake news podem ter consequências.

 

 

Sobre CLAYTON ARISTOCRATES MOLINARI BURGATH

Jornalista, Membro da Academia de Letras, Artes e Ciências do Centro-Sul do Paraná. Assessor de Imprensa e Comunicação

Veja Também

Rio Azul: pilotava moto sem habilitação

Espalhe por ai:

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.